A Cervejaria da Esquina, antigo restaurante do Grupo Vítor Sobral, deu lugar à nova Peixaria da Esquina. Um conceito que marinava, já à alguns anos, nas mentes criativas de Vitor Sobral, Hugo Nascimento e Luís Espadana, cuja estreia foi em 2011 no evento Peixe em Lisboa. Hoje, a Peixaria da Esquina ganhou vida, mas trouxe no seu ADN alguns clássicos da Cervejaria da Esquina, com o objectivo de fundir, num lugar único, o melhor dos mariscos e peixes nacionais.


Sempre existiu peixe no menu da Cervejaria da Esquina, mas nunca foi a aposta mais forte. Os marinados e as curas dos peixes e mariscos, ora entravam, ora saíam, do menu. Muitos dos nossos clientes pediam peixe. Ouvi-los foi uma forma de evoluirmos. Na Peixaria da Esquina assumimos definitivamente esse conceito e damos aos nossos clientes o melhor peixe do mundo, com a frescura e qualidade que todos procuramos. Queremos ter o peixe mais presente, coisa que não existia na carta anterior. E depois com o reconhecimento do nosso peixe internacionalmente, entendemos que este conceito da Peixaria da Esquina será mais transversal e adaptável a ser replicado noutros mercados espalhados pelo mundo.

Vítor SobralChefe Executivo


Portanto, na Peixaria da Esquina vai encontrar o original prego de atum, o verdadeiro casco de sapateira, as vieiras coradas com emulsão de maracujá, as açordas e as tradicionais cataplanas. Mas, há novidades e são muitas. O grande destaque é o peixe marinado, onde o carapau, o robalo, a dourada e o atum reflectem, a cru, a matriz da cozinha portuguesa com notas cítricas muito peculiares.

Os peixes curados primam pela diferença e revelam sabores intensos. Inspirados numa técnica de conservação milenar, a salmoura, apresentam-se como uma espécie de presunto do mar e, a acompanhar, pickles e emulsão de amêndoa. Outra novidade é o peixe grelhado. Simples, com flor de sal e legumes grelhados, a escolha perfeita para quem quer sentir o sabor do mar. E frescas são as sugestões do chef que mudam diariamente. Um espaço onde a criatividade tem mais liberdade para respirar, com o objectivo de surpreender sempre quem nos visita, através de uma oferta que prima pela diferenciação. Mas, nem tudo o que vem à rede é peixe…

E, como não poderia deixar de ser, os vinhos portugueses foram selecionados a preceito, para que a harmonia enogastronómica se eleve ao mais alto nível do prazer. A carta de vinhos proporciona uma viagem de norte a sul de Portugal, para conhecer e beber aquilo que temos de melhor. Brancos minerais, verdes furtados e tintos jovens estão no leque de opções, bem como os requintados e complexos para os mais exigentes.

Por fim, o ambiente dá forma à experiência. O habitual da Esquina, informal e descontraído, onde o prazer de estar à mesa ganha um novo sentido, o da partilha de emoções. O mármore português evidencia-se numa envolvente alusiva à pesca e ao rei do menu, o Peixe. O espaço foi redesenhado e decorado pela dupla de arquitectos Sofia Duarte e João Mota, responsáveis pelos projectos nacionais e internacionais da Esquina.


Uma renovação inspirada no ambiente piscatório e nas gentes do mar. Recolhemos histórias e objectos dos pescadores de Sesimbra. Alguns destes objectos estiveram a uso nas embarcações durante anos, hoje pontuam a peixaria. Procuramos manter a harmonia do espaço, mantivemos alguns códigos transversais aos outros projectos que são a alma dos projectos da esquina.

João Mota & Sofia DuarteArquitectos da Esquina